A VISITA DE UM CAMPEÃO MUNDIAL E A RECOMPENSA DE OUTRO CAMPEÃO

ADRIANO DE SOUZA MINEIRINHO SE SURPREENDE E LEANDRO ELIAS BANANINHA MAIS UMA VEZ TEM SEU TRABALHO RECONHECIDO.

A praia do Porto, em Imbituba, teve seu dia com os campeões, Adriano de Souza e Leandro Elias. Foto: João Batista Coelho Jr.

Nesses 14 anos como criador e professor de surf de um dos maiores e mais bem sucedidos projetos sociais em Imbituba (SC), Leandro Elias Bananinha disse nunca ter sentido uma emoção tão forte, e que não foi fácil também sentir a emoção estampada nos rostos de cada criança ou adolescente atendido por ele. 

A visita de Adriano de Souza Mineirinho, o mais recente Campeão Mundial de Surf Profissional WSL 2015, nesta última quarta feira (30), antevéspera de Ano Novo, foi difícil de ser acreditada por Bananinha, até sua chegada. Ele só deixou 'cair sua ficha', quando Mineirinho apontou sua caminhonete branca - recém presenteada por um de seus patrocinadores -, na entrada da praia do Porto, em Imbituba, onde Bananinha reside e ministra seu projeto. 

Bananinha recepcionando Mineirinho. Um encontro triunfal em Imbituba. Foto: Valdir Tavares de Souza.

"Ele demorou pra chegar. Pensei que tinha desistido (rs)", comentou Leandro rindo de si mesmo, logo após Mineirinho já ter ido embora. "Fiquei aflito e as crianças da escolinha é que deram força nesse momento", desabafa Bananinha. Durante a espera, Leandro deu mais uma vez um show, junto com as crianças do projeto, ao distribuir prêmios para eles, testando suas habilidades com perguntas e respostas. As crianças iam ao delírio e se esforçavam para responder certo. 

O Campeão Mineirinho levou consigo a certeza que acertou na escolha, mas se disse surpreendido - e ficou até um pouco assustado - com a quantidade de gente que não apenas veio lhe ver, mas que incentivam e acreditam no projeto social da Escola de Surf do Bananinha. "Na verdade, eu vim mais para dar uma força para o Bananinha, estimular a garotada e tudo o mais. Não esperava ver tanta gente. Mas é uma honra estar aqui".


Alunos da ESB Bananinha preparando uma surpresa para o Campeão Mundial Adriano de Souza. Foto: RafaShot Photografy.

Mesmo sem o apoio logístico necessário para receber um Campeão Mundial, desde a chegada até a ida de Mineirinho, tudo transcorreu dentro da normalidade, já que membros da Associação de Surf Imbitubense - ASI - estavam por lá, e ajudaram na segurança e deslocamento de Adriano enquanto ele esteve na praia do Porto. 

Ainda assim, as mais de 200 pessoas presentes, conseguiram tirar uma 'casquinha' de Mineirinho, e levar para casa uma lembrança desse dia especial para Imbituba e, principalmente, para a ESB Bananinha. Logo em seguida, as redes sociais foram inundadas com selfies junto aos campeões, Mineirinho e Bananinha. 

Multidão não deixou Mineirinho um segundo sequer em paz, atrás de selfies e autógrafos do Campeão Mundial. E ele fazia questão de atender a todos. Foto: Valdir Tavares de Souza.

Mineirinho disse estar se sentindo em casa, já que começou sua carreira no surf da mesma forma, na Escola de Surf do Pirata, na praia de Pitangueiras, Guarujá, cidade litorânea de São Paulo. "Estou muito feliz, pois, comecei da mesma forma no surf, na Escolinha do Pirata, que atendia crianças carentes na minha cidade.".

Na verdade o que se viu nesta quarta feira em Imbituba, foi um show de humildade realizado por Mineirinho, tendo isso sido reconhecido por todos que estiveram presentes a praia do Porto. O sorriso largo e a satisfação de estar cumprindo com seu dever era constantemente visto na face do Campeão Mundial, mesmo com a multidão não dando um minuto de sossego, querendo selfies e autógrafos. Assim como Bananinha estava emocionado com a presença de Adriano de Souza. 

Mineirinho entrou na água para surfar com a galera, e já conheceu a prancha de garrafas pet do projeto EsoGaropaba, criado pelo surfista Jairo Lumertz e sua esposa Carolina Scorsin. Foto: João Batista Coelho Jr.

Mesmo sem receber um centavo dos alunos, como já dito por Bananinha, para ensiná-los não só a surfar, mas a viver e serem responsáveis, cobrando apenas boas notas e frequência nas aulas, Leandro transformou seu projeto em máxima realidade - tanto para ele, como para os pais dos alunos -, tendo o retorno necessário de seus pupilos, quando presenteia com prancha e roupa de borracha, o aluno mais assíduo e com as melhores notas escolares no final do ano.

O encontro dos dois campeões foi regado a alegria e surpresa quando destacado para Mineirinho, que Bananinha também tem uma ótima carreira no surf, tendo neste fim de ano se tornado campeão imbitubense e lagunense na categoria Máster, e com isso, é um exemplo de superação para seus alunos, assim como Mineirinho foi em 2015. 
Postar um comentário