ISA WORLD SURFING GAMES 2017 TEM INÍCIO DIA 20 DE MAIO COM CATARINENSE NA EQUIPE

COM RECORD DE PAÍSES INSCRITOS EVENTO ACONTECE EM BIARRITZ, NA FRANÇA, VISANDO ESTRÉIA DO SURF NO JAPÃO EM 2020

Jacqueline Silva comemorando o Título de Campeã Brasileira de Surf Profissional em 2016, representará o Brasil o ISA World Surfing Games 2017 na França. Foto: Aleko Stergiou.

O ISA World Surfing Games 2017, realizado pela International Surfing Association (ISA), vai bater o recorde de países participantes, estabelecido na edição de 1996, em Huntington Beach (EUA), quando 36 nações enviaram atletas para disputa das medalhas individuais e por equipes.

Mais de 40 países na disputa

Mais de 40 países estarão representados em Grand Plage, em Biarritz, na França, a partir de sábado (20), em um acréscimo de mais de 20 nações em relação a edição de 2016, realizada na Costa Rica. Os atletas já estão na área e tem rolado o free surfe nestes dias que antecedem ao início oficial do tradicional evento do calendário mundial do surfe.

Equipe de peso em busca de medalhas

Visando os Jogos Olímpicos em 2020 no Japão, o Brasil será representado por uma equipe de excelentes e renomados surfistas. Entre os atletas no masculino, os irmãos paulistas Wiggoly e Wesley Dantas, o paraibano Elivelton Santos, e o pernambucano Ian Gouveia, filho do paraibano, Fabinho Gouveia, que já venceu este evento - ainda Mundial Amador - em 1987. A catarinense e manesinha da Ilha, Jacqueline Silva, e a a paulista Suelen Naraisa completam a equipe no feminino. 

Além dos atletas, um equipe de peso para dar suporte também acompanha os brasileiros, entre eles, o presidente da CBS, Adalvo Argolo, os cariocas, Guilherme Pollastri Gomes e Gabriel Macedo, e o experiente jornalista, Rosalvo Cavalcanti. 




ISA Games terá transmissão pelo pelo Olympic Channel e presença de observadores do COI

O ISA Games é o primeiro evento oficial da entidade reconhecida pelo COI - Comitê Olímpico Internacional - no novo ciclo olímpico. Um acordo entre a ISA e a World Surf League (WSL), que comanda o surfe profissional, permite que os melhores surfistas do mundo participem de competições “olímpicas”. 

Todos estarão de olho em Biarritz, inclusive o Olympic Channel, plataforma de TV do COI, que transmitirá o Mundial em livestreaming. “Será uma competição de aprendizado para todos, até para os observadores do COI que estarão presentes em Biarritz”, disse Adalvo Argolo, presidente da CBSurf

Apesar de a data apertada no calendário, com competições importantes acontecendo ao mesmo tempo ou muito próximas, alguns nomes fortes confirmaram presença no Mundial. A França, por exemplo, contará com Jeremy Flores e Joan Duru e Johanne Defay e Pauline Ado no feminino.

Programação:

* 19 de maio – Conferência de Imprensa Oficial, 11h no Radisson Blu Hotel; 

* 20 de Maio – Cerimônia de Abertura, 10h Parvis du Casino de la Grande Plage; 

* 20-22 de Maio – Competição Feminina, Grande Plage; 

* 22 de maio – Cerimônia de Premiação Feminina, Grande Plage; 

* 23-28 de Maio – Competição Masculina, Grande Plage; 

* 26 de maio – Estreia mundial de “Shredding Monsters”, produção de um canal olímpico, 20h no Teatro Municipal do Casino, Biarritz; 

* 28 de maio – Cerimônia de Encerramento, Grande Plage.

Postar um comentário