A PRIMEIRA BARCA DO SURFE A GENTE NUNCA ESQUECE.

Arthur, aos 14 anos realizando um sonho de muito marmanjo. Punta Rocas, Peru. Foto: divulgação.
Recebo pelo msn a mensagem de um pai contando com extrema alegria a história de seu filho, o local de Imbituba, Arthur Bittencourt, que embarcou para o Peru no último dia 15 de abril, com vários amigos pra realizar um sonho do próprio pai, Sandro Ferraz, e de dez em cada dez surfistas que não tiveram ainda esta oportunidade.
E o maior orgulho é que a trip foi realizada através de seu patrocinador, a Cobra d´Água, com objetivo de evoluir o surf de Arthur, e servir como premio pelo desempenho que vem tendo em competições. Viagens como esta são comuns no mundo do surf para amadurecimento do próprio atleta.
Arthur Bittencourt, hoje com 14 anos, já vem se destacando em campeonatos há algum tempo, tanto no circuito local de Imbituba, como no catarinense e também em eventos fora do estado.
De lá, ele avisa que já pegou altas ondas em picos como La Islã, Punta Rocas e El Farol. Ainda faltam conhecer as ondas do norte do Peru como Pascamayo e Lobitos, que estão fazendo neste momento já que partiriam pra lá dia 19.
A grande notícia foi ter surfado junto com Rob Machado e Clay Marzo, lendas do surfe que ele ainda não tinha visto tão próximos.
Imagino o quanto é difícil para um pai, liberar sua cria pra fazer uma “loucura” dessas. Mas, com certeza será de extrema importância para a evolução do surfe e crescimento cultural, já que o conhecimento de outras culturas pesa na formação de uma pessoa.
A barca foi bem diversificada. Além de Arthur fizeram parte também Pércio Nóbrega (Nico Bocó) de 15 anos, Carlos Fanning – olha o peso do sobrenome – (Mormaii) de 14 anos, os responsáveis pela gurizada, Marcelo Simom (Shaper Pranchas Simom) e o freesurfer da Zimba, João Fernandes.

Por Eduardo Rosa
2 comentários