ADRIANO MINEIRINHO NAS QUARTAS EM TEAHUPOO, TAHITI


Com uma bela vitória sobre o sul africano Jordy Smith, mineirinho carimba o ticket e está nas quartas de final do Billabong Pro Teahupoo 2009. Foi uma vitória relativamente fácil sem que Jordy oferecesse qualquer dificuldade.
Agora, Adriano enfrenta o americano Bobby Martinez na briga por uma vaga nas semis.
Até agora Mineiro parece que não está encontrando adversários na caminhada para a final, complementando mais uma vez sua bela campanha que vem fazendo neste ano.
O nove vezes campeão do planeta, Kelly Slater, mais uma vez não foi bem e deixou a torcida sem suas fantásticas performances na praia dos “Crânio Quebrados”, uma das que melhor ajuda em suas sessions radicais. No final de sua bateria conseguiu emitir um suspiro de power surf, mas já era tarde. O suspense pairou sobre a praia, mas não teve jeito.
O espanhol Aritz Aramburu deixou Kelly e sua 5’3”, chamada de mágica por ele, na segunda fase.
Quem deu as caras, mas não passou da segunda fase, foi o havaiano Andy Irons, eliminado por Bob Martinez. Depois de sua desistência ano passado, Irons só voltou a disputar uma etapa do WCT neste ano - além do Hawaii, é claro -, e já tem sua vaga garantida para o próximo ano no WCT. Conseguiu graças a seus “problemas psicológicos” sofrido em 2008. Dizem as más línguas, que seu problema médico é uma doença rara chamada “Slatisse aguda”. O azar dele é que, neste ano seu maior concorrente, Kelly Slater, ainda não conseguiu desencantar, tentando surfar nestas primeiras etapas com uma prancha pra lá de pequena.
Se alguém quiser saber a opinião do Surfemais sobre esta “nova fase” de Slater, clique aqui.
O que está pegando mesmo em Teahupoo são as ondas. Ainda não passaram do 6 pés (1,5 metros). Excelentes pra nós probres mortais, mas na condição de Teahupoo, está bem abaixo do que se espera pr’áquela onda.
Quem quiser assistir ao vivo o Billagong Pro Teahupoo 2009 é só clicar aqui.
O evento costuma começar por volta das 14 horas e segue até a meia noite, pelo horário de Brasília.
Ligados, torcendo por Mineiro. Mas seu maior concorrente neste ano na disputa pelo primeiro título mundial é Joel Parkinson, que foi eliminado na 3ª. fase pelo norte americano, o já vovô do WCT, Taylor Knox.. Abriu-se uma grande porta para que Mineirinho chegue mais próximo do primeiro título de um brasileiro no circuito mundial de 1ª. divisão.
O WCT Brasil vem ai e Mineiro parece não querer nenhum pingo d´água fora do lugar em sua trajetória. É esperar para ver.

Eduardo Rosa
Postar um comentário