VAGA PRÁ IMBITUBA?!! ACHO DIFÍCIL...

É incomparável a tradição que Imbituba teve, e tem, no cenário nacional do surf. Nada se compara ao que Imbituba já mostrou em termos de ondas, adversidades contornadas em campeonatos, revelações que não chegaram tão longe, mas que fizeram frente a alguns dos maiores atletas nacionais, berço do surfe no estado... As maiores ondas do Brasil - com raras excessões no tempo -, e do estado quebram em Imbituba. O que deveria ser o berço de atletas de renome nacional e internacional, não põe a mesa à qualidade das ondas que por lá quebram.
Vivemos de sazonalidade. Isto mesmo. Tivemos a era Carlinhos Santos, numa época em que o surfe ainda não estava tão na mídia; a era Fábio Carvalho que dificilmente se ajoelhava para o "gran" ídolo do surfe nacional Neco Padaratz; e quando estavamos perto de agraciar mais um grande atleta, ele foi abotoado por uma contusão. Caribean Heleodoro, era nossa maior promessa em termos de surfe competição. Mesmo que, no ano passado ele tenha conseguido a vaga para o WCT, como o melhor dos imbitubenses, não conseguiu mostrar tudo que sabe nas ondas.
Foram dois anos de glória para os imbitubenses, poder colocar um atleta para representar a cidade. E era sobre isso que eu queria falar...

Por Eduardo Rosa

Continua logo abaixo...
Postar um comentário