NECO ESTÁ REALMENTE DE VOLTA.


Em menos de 1 semana, Neco Padaratz, faz sua segunda final no WQS, mas desta vez ele levou. De forma surpreendente, Neco já liderava a bateria em sua metade. Hizunome Betero não conseguiu achar a onda salvadora - pouco mais de 4 pontos -, e Neco foi "cuzinhando" seu oponente até o segundo final. Permaneceu a maior parte da metade da bateria com a prioridade forçando Hizunome a escolher as menores.
Mas, a 2 minutos para o final da bateria, Neco pegou uma onda que ele achava ser boa, mas não rendeu o que ele imaginava. Sem a prioridade desta vez, viu Hizunome ficar sozinho no outside a esperar por uma onda salvadora que não veio. Quase Neco entrega o "ouro pro bandido", abrindo uma perigosa brecha para a virada de Betero.
Mas não deu. Neco ergueu a taça que havia tentado levantar na Praia Mole, em Floripa, no último final de semana no Maresia Florpa Pro, o 6 estrelas do WQS, quando na oportunidade perdeu para Daniel Medina, de apenas 15 anos - ver post abaixo.

Neco, "desgarrado" na final em Saquarema, RJ.
Neco está próximo de garantir sua vaga no WCT em 2010, mesmo com o convite prá voltar, se continuar surfando assim.
O melhor de tudo é que foi uma final brasileira, numa etapa 6 estrelas do WQS. Além deles tivemos catarinense Willian Cardoso, chegando até a semi-final, perdendo para seu conterraneo, Neco Padaratz.

Neco, tentando mostrar as quilhas no Coca Cola Surf Pro.

Por Eduardo Rosa
Fotos: Daniel Smorigo / ASP South America)
Postar um comentário