DEFINITIVAMENTE, CANSEI...

Cansei de não ter mais tempo de atualizar este espaço. Resolvido quase todos os problemas particulares e afetivos/amorosos - que basicamente, são por estes problemas que imagino muitos que possuem blogues deixam de atualiza-los - volto a cena democratica deste espaço altamente convergente para me comunicar, ser comunicado e assim nos mantermos, não só atualizados, mas, sim, conectados.
Minha vontade não é ter um grande numero de pessoas registrados acompanhando o SURFEMAIS, e sim as pessoas que realmente se interessam efetivamente e sabem o poder da informação e da discussão em torno de varios assuntos relacionados ao esportes dos Deuses.
Mas na realidade, eu queria mesmo era entrar na "Vibe". Mas para isso eu precisaria voltar a pegar onda, coisa que já não fazia a cerca de um ano. E graças a Deus aconteceu. Foi apenas um dia, mas que já valeram por muitos. A sensação de voltar a colocar os pés na parafina, os braços - ainda que bem enferrujados - a remar num movimento contínuo e sistemático na direção do pico, a água gelada - uma das coisas que mais gosto - o gosto da água salgada entrando pela boca e pela pele, ser azarado e nem dar muita bola, reencontrar os amigos em um ambiente tão diferente do que vinha acontecendo ultimante - e junto as cobranças, "po, não te vi mas n´água" -, deu motivo suficiente prá voltar a "rotina" que para mim além de um hobbie é feito com grande prazer, assim como surfar.
E neste tempo que estive "fora", descobri coisas novas, inclusive e principalmente, Deus. É pra ele, por ele e por causa dele que nova e definitamente renasci. Só que, na realidade, Deus não é novidade. Ele está e sempre estará aí, em todo o lugar. O que muda é a forma e a frequencia que buscamos ele.
Pois, então, decreto BOA VIAGEM A TODOS COM O SURFEMAIS.
Por Eduardo Rosa
P.S.: Agradecimentos especiais a Fabinho Carvalho, sua esposa Keila e suas filhas - pela orientação e as orações -, a meu irmão Ideraldo - por me guiar e por acreditar que tudo é possivel -, ao meu tio Venaldo - por me alertar e estar presente em minha vida -, a minha mãe Valma, a minha esposa Juliana, minha sogra Maria Luiza e a meu filho Pedro, razões do meu viver. E a todos que compartilham Deus em suas vidas, seja da forma que for, ele estará presente.
Postar um comentário