BOM PRA CACHORRO!!!

Já vai tempo a minha paixão por animais, principalmente cachorros. Isto porque tive experiências cativantes com os bichinhos e pessoas que me rodearam. Meu pai, o Sr. Eduardo, contava que tinha um vira-latas que de desobediente não tinha nada. Pra saciar a curiosidade - incredulidade, para ser mais certo - de seus amigos há época, colocou um pedaço de carne dentro de uma sacola plástica aberta e ordenou para que o bicho levasse-o até em casa e lá o esperasse. O Sr. Eduardo tinha uma Kombi, na época - e por anos depois -, mandou que todos embarcassem, levando-os até sua casa. Lá chegando, qual a surpresa dos abismados expectadores. O vira-latas estava deitado em frente ao pedaço de carne que estava intacto.
Não lembro o nome do obediente cachorrinho, mas só acreditei nesta história quando eu ao chegar em casa, lá em Imbituba, o vi sentado em frente a nossa casa, e como fazia todos os dias, ele levava os 3 galos - que eram de briga - e uma galinha caipira, para passear e ciscar no gramado em nosso quintal. Estes animais ele ganhou de presente de um grande amigo que havia falecido há pouco tempo, e que em seu leito de morte deixou os animais como testamento ao Sr. Eduardo. Meu pai, então, os estava engordando para virarem pratos saborosos nos meses seguintes. 
Ao se levantar, simplesmente chamou os galináceos: "- Vamos, vamo pra casa." Os empenados o seguiram quase em fila indiana, logo atrás dele, pra ser mais exato, sem nem reclamar ou desobedece-lo.
Me digam agora; animais tem inteligencia e estão tão próximos a nós ou não?
Vejam o que este labrador faz. Vejam também, que a música é longa e ele sabe todos os passos e requebrados, sem precisar de sinais ou qualquer outra coisa.
Já vi até cachorro pegando onda amarradão, alí na Praia do Rosa, em imbituba. O que dizer deste então.


Por Eduardo Rosa
1 comentário