SAUDOSISMO PURO: LEMBRA DO AVE DE RAPINA? E DA BANDA TUBARÃO? E DO RATONES? BONS TEMPOS

ERA ASSIM QUE A GALERA EMBALAVA AS NOITES NOS SAUDOSOS ANOS 80 

Principalmente quem era da região que ía de Garopaba a Criciuma. Até mais pro sul um pouquinho. Quem lembra vai concordar comigo que as músicas nunca saíram da cabeça. Até hoje!! Esquecidos pelo tempo, e nem lembrados ou conhecidos pela gurizada que está por aí hoje, eles faziam a cabeça da "rapaziada" que hoje se encontra na casa dos 30 anos pra cima. 

Eu, particularmente, canto estas obras até hoje. Consegui inclusive tirá-as no violão pra não deixar o esquecimento bater. E "emocionei" muita menina mais nova, ou de fora do estado, cantando tais refrões. Há um tempo atrás, busquei na grande rede algo sobre todos eles, os grandes mestres da música no litoral sul do Santa Catarina, e nada tinha encontrado. Desiludido, me conformei que nunca iria achar nada que satisfizesse a minha vontade de ouvi-los novamente.

Eis que, nesta última semana, me peguei cantarolando um clássico daquela época, e voltei a fuçar no iutubes da vida, e olha o que achei... Os "caras" não se reuniram novamente em um showzaço na Laguna dos velhos tempos, e não mataram minha 'fome' musical de reencontrá-los novamente. O encontro foi em janeiro deste ano. Tem vários vídeos de várias músicas que me fizeram voltar no tempo.

Antologicamente falando, me sinto hoje realizado. Muita gente chegou achar que as letras e as músicas eram minhas, dada a grande identificação minha com elas, e por nunca terem ouvido nada parecido de tão bom. Lembram do Ave de Rapina, da banda Tubarão do Beto Chede na bateria, e do Ratones? Pois eles voltaram. Que ótimo!!

Além destes dinossauros, lembro também de muitas outras bandas, como o Contagem Regressiva, a banda Amostra Grátis do Angelo, do Lula e do Fabricio, do THC do Jalmir fazendo falsete e do Amilton, da Divinéia, em Imbituba,  do Grupo Expresso, a qual recentemente me encontrei com um de seus integrantes, Daniel Lucena, em plena praia do Morro das Pedras, em Floripa, fazendo um som com um camarada violinista, e atraindo a atenção geral da praia. Torcedor ferrenho do Figueirense, num papo breve, me contou que está morando no Pantano do Sul, em Floripa, e que a música nunca deixou ou irá deixar sua vida.

É muita história pra contar. Então, apenas curtam...

AVE DE RAPINA - SONS, BALADAS E BLUES

BANDA TURARÃO - VOU CONQUISTAR SEU CORAÇÃO

SÓ MAIS UMA HISTÓRIA DE AMOR

FEITIÇO
Postar um comentário