TOM CURREN, EM SC NOVAMENTE... NO RIOZINHO DO CAMPECHE.

Dia 5 de fevereiro ele estará em Florianópolis junto com Donavon Frankreiter e Ben Harper num show exclusivo e de graça em plena praia do Riozinho, no Campeche. Prá quem não conhece o maior ídolo de muitos no surfe - e de quem vos escreve também - reescrevo o que está no Wikipédia que, sucintamente, define a personalidade e a história do Deus do estilo perfeito.

"O maior vencedor de baterias vencidas em sequência.
Thomas Curren, filho do lendário big-rider Pat Curren (um dos desbravadores de Waimea Bay), foi o primeiro americano campeão mundial de surfe, tendo conquistado o primeiro de seus três títulos em 1985.
Local da cidade de Santa Bárbara, Califórnia, surfa desde garoto as ondas da praia de Rincon.
Tom Curren (Thomas): Amigo e professor do também monstro Kelly Slater quando Kelly ainda amador. Tom ensinou e protagonizou a historia do surf nos anos oitenta com seu estilo limpo e polido, caracterizando-se Mr. perfection foi quando depois de um break, voltou e tornou-se Tri-campeao mundial de surf pelo WCT em 1990, fazendo da forma mais difícil e até hoje não igualada ou seja vindo das triagens . Consagrando-se a Lenda do surf mundial e espelho para os amantes desse esporte.
Tom Curren é o responsável definitivo pelo surfe moderno e a maioria das manobras que foi popularizada nos anos 1990. Tom é característico pelos seus movimentos, pois são perfeitos, redondos, largos, ou seja, tom não surfa a onda. Surfa com a onda. Para onde ela for ele vai atrás. Algumas vezes na frente, ver qualquer vídeo de Tom Curren é uma aula de surfe e uma injeção de vontade de entrar na água e repetir tudo aquilo que esse cara faz.
Muitos acreditam até hoje, mesmo com os números de Slater, que Curren seja o maior surfista de todos os tempos.
Em um documentário sobre sua vida Mark occhilupo explica porque era tão difícil vencê-lo : -"Ele não competia contra os outros ,competia contra si mesmo " melhorando sempre ; mais e mais .
Um montro de simpatia 'Tom' é considerado "A Lenda Viva do Surf" sem questionamentos.
Pode-se considerar que ele nunca quebrou a linha do surf.
Passou por diversos problemas na vida, como o alcolismo, porém superou os problemas e hoje é um dos homens que decide a vida dos "sortudos" que fazem parte do quadro de atletas da Rip Curl.
Um fato que comprova que o surf ainda está no pé, é que, no dia do Evento em Arica no Chile, surfou ondas pesadas e grandes com uma 5'6" emprestada do seu filho, comprovado no filme Rip Curl Somewhere."

Por Eduardo Rosa
Para saber mais sobre o show clique aqui.


Postar um comentário