QUIKSILVER PRO GOLD COAST ESTRÉIA NESTE SÁBADO EM SNAPPER ROCKS, AUSTRÁLIA

QUE VENHAM OS GRINGOS! QUE VENHA O SONHADO TÍTULO MUNDIAL PARA O BRASIL! MEDINA NELES EM 2012!!!!! 
 
Tudo pronto para início do Mundial de Surf 2012. Na praia de Snapper Rocks, Queensland, Australia, os 32 melhores surfistas do mundo começarão a corrida pelo título mundial de surf, baseado nas novas/velhas regras da ASP - Association of Surfing Profissionals. O corte no meio do ano foi extinto, como todos já sabem, mas manteve-se apenas 32 surfistas nos eventos (eram 44 no início de cada temporada, lembram). Algumas outras mudanças nas pontuações de ranking foram feitas também, mas aí, pra quem só assiste, começa a ficar "preocupante" saber de tudo isso. Então, deixaremos para os "entendidos" mesmo.

O importante é que o norte americano, Kelly Slater, ainda não irá se aposentar pois, no último ano, conheceu um rival a altura do predomínio que ele mantém há, exatos, 11 anos. E o mais importante para nós brasileiros, é que Gabriel Medina não vêm sozinho nesta ascensão do surfe brasileiro em mundiais. Como vimos em 2011, Miguel Pupo e Adriano de Souza, além de Alejo Muniz, Heitor Alves, Raoni Monteiro e Jadson André contribuíram de forma significativa para o grande ano do Brasil no WT. Ganhamos mais etapas que americanos, australianos e todos os outros países.

Segundo a mídia internacional, e os próprios surfistas, os atletas brasileiros estão muito mais difíceis de serem vencidos que em anos anteriores.

A repercussão que Medina obteve por seus feitos respingou até na imprensa não-especializada nacional, coisa rara antigamente. E ele estava ciente que tinha alguns pontos para resolver com seu surfe, para não começar a ser mal interpretado pelos juízes a partir de um certo momento. Medida provou, em vários momentos, a grande capacidade que tem de se adaptar as adversidades de cada etapa, de cada onda.

Mas em 2012, há outras ondas desconhecidas para ele, e a variedade maior de manobras será crucial para não se distanciar dos outros.

Mesmo com a campanha e os feitos em 2011, Medina é ainda, apenas uma promessa, assim como Miguel Pupo e outros gringos que disputam o mundial. Mas, com duas vitórias sobre o seu ídolo Slater, mostrou que tem chances reais de ganhar de qualquer um em qualquer condição.

Acompanhe ao vivo a etapa, clicando aqui.


Por Eduardo Rosa
Postar um comentário