MAIO SURF NO BRASIL: WCT E UM PRIME AGITAM PRAIAS CARIOCAS

BILLABONG RIO PRO, DE 9 A 20 DE MAIO, PRAIA DO ARPOADOR. CHANCES DE LIDERANÇA E RECUPERAÇÃO EM CASA PARA OS BRASILEIROS.
Adriano de Souza neste ano defende o título Billabong Rio Pro 2011. Foto: Promo/Billabong Pro 2011

Pelo atual ranking da ASP - Association of Surfing Profissional -, apenas 1200 pontos separam Adriano de Souza, o "Mineirinho", do mais vezes campeão do mundo, o norte americano, Kelly Slater, no momento em que o circo do WCT - World Chapionship Tour - desembarca no Brasil neste mês de maio. Uma vantagem pequena, tanto em relação a Slater, bem como aos demais que vem logo atrás de Mineirinho, e que não vão querer abrir distância dos dois pela disputa do título mundial de 2012.
Além disso, a pequena desvantagem de 250 pontos, que Mick Fanning e Taj Burrow tem em relação a Adriano, se evaporam se deixarmos de lado os pontos e analizarmos as colocações obtidas pelos dois nas duas primeiras etapas. Cada um com uma vitória, tornam a disputa pela liderança, neste atual e prematuro momento do circuito, totalmente aberta. 

Tanto Slater, quanto Mineiro, ou qualquer um dos 8 primeiros do ranking, tem grandes chances de sair do Brasil, em maio, na liderança do mundial. Por isso, que a etapa tupiniquim é tão importante para o transcorrer do mundial. Mais efetivamente, para Adriano de Souza, que defende a vitória obtida ano passado em casa, e que pode aumentar ainda mais suas chances ao tão sonhado título deste ano.
Gabriel Medina prepara-se para voar no Brasil no mês de maio. Foto: Rip Curl.
Para os outros brasileiros, a chance de descartar os resultados consideravelmente ruins obtidos nas duas primeiras etapas, e que colocaram alguns deles em posições delicadas no ranking mundial, como Medina, Alejo e Jadson. E se o evento acontecer mesmo no Arpoador com as condições conhecidas, como programado - já que, na falta de ondas ou condições favoráveis, o evento poderá acontecer em outra praia -, estará aberta oficialmente a segunda parte do mundial que acontecerá agora em esquerdas, seguido dos eventos em Fiji e Tahiti, observação tão batida no começo do ano pela imprensa especializada brasileira, em destaque as performances favoráveis dos já, não tão estreantes, Gabriel Medina e Miguel Pupo.

Para acessar a página do Billabong Rio Pro clique aqui.
.
QUIKSILVER CONFIRMA EM CIMA DA HORA, O PATROCÍNIO DA ETAPA PRIME EM SAQUAREMA, RJ, ENTRE OS DIAS 21 A 27 DE MAIO.
Assim como Imbituba, em Santa Catarina, Saquarema, no Rio de Janeiro, costuma segurar grandes ondulações e fazer a festa dos big riders. E não foi diferente em 2011, quando o evento teve até que ser paralisado por excesso de ondas.
Em cima da hora, a Quiksilver confirmou a realização desta etapa Prime da divisão de acesso ao WCT em 2013, com 250 mil dólares em premiação e 6500 pontos no ranking ASP Men’s Prime Events.
Boa parte dos Top 34 do WCT, já confirmaram presença - incluindo aí os brasileiros - entre os 96 atletas que disputam o evento.
O australiano Kai Otton defende o título da etapa neste ano em Saquarema, RJ. Foto: Pedro Monteiro/Adding.
Antes deste evento no Brasil, acontece em Lower Trestles, na Califórnia, EUA, de 01 a 05 de maio, o Nike Lowers Pro, outro grande e tradicional evento Prime, que deve ser observado, já que vários brasileiros  correm atrás da liderança do ranking unificado, que no momento está nas mãos do australiano, Josh Kerr.
No Brasil, ainda acontece em outubro outro evento Prime, na praia da Vila, em Imbituba, de onde os atletas seguem para o Hawaii.

Por Eduardo Rosa
Postar um comentário