FANNING BALANÇA O SINO DE BELL'S BEACH PELA SEGUNDA VEZ

DEPOIS DE BATER NA TRAVE EM 2010 E 2011, MICK FANNING NÃO DEIXA ESCAPAR A VITÓRIA NOVAMENTE.

Mick Fanning já tinha tocado o sino em 2001. Após perder a chance de tocar o sino por duas vezes - em 2010 e 2011 -, veio com tudo em 2012. Foto: Eduardo Rosa

Em uma final eletrizante, com notas elevadíssimas, o australiano Mick Fanning, balançou o tradicional e especialíssimo sino do Rip Curl Pro, na praia de Bell's Beach, Austrália. Seu oponente de luxo, o americano Kelly Slater, viu desde o começo da bateria o "caldo entornar" prá cima dele.
Fanning em ação.


O australiano deu as cartas e como quase sempre acontece, o tantas vezes campeão, Slater, ficou desnorteado, correndo atrás de notas comuns de se conseguir em se tratando de KS. Elas até vieram, mas ele não contava com as duas notas excelentes do "endiabrado loiro" australiano, que já abriu a bateria com um 9,10 pontos.
O aéreo impressionante de Slater, que valeu até uma nota 10 mas que não foi páreo para vencer o "endiabrado loiro".
A marcação era cerrada de Mick em Kelly, e o americano até conseguiu um 10 unanime dos juízes, mas ficou esbravejando quando recebeu um duplo 8,07, em ondas seguidas. O "caldo entornou" mesmo, quando Mick assinalou um 9,70 descartando uma nota considerada alta para a bateria final, um 8,60. Em apenas 3 ondas, o australiano selou sua vitória, e com a prioridade nas mãos, forçou Kelly a correr atrás de 8,80 pontos nos 5 minutos finais de bateria.

Para os australianos, Fanning fez história ao vencer o Rip Curl Pro em Bell's Beach.

Slater remava de um lado para o outro, pegando as que apareciam, mandando alguns aéreos, na tentativa de impressionar os juízes, mas não foi o suficiente para vencer Mick. Ao final, Kelly surfou 13 ondas, mas com apenas 3 Mick venceu uma das melhores baterias dos últimos anos no Circuito Mundial, monstrando um surfe tanto seguro quanto excepcional.

Slater tentou de tudo. Até um lay back dentro do tubinho em Bell"s.

Quem começou o ano de forma excepcional também, mesmo tendo ficado na nona colocação em Bell's Beach, foi Adriano "Mineirinho" de Souza. Ele é o vice líder atualmente, atrás apenas de Kelly Slater. O próxima etapa do WCT é no Brasil, de 9 a 20 de maio, e Mineirinho tem a chance de encostar, ou até ultrapassar Slater no ranking.

A comemoração ainda dentro d'água. Vitória incontestável.
Texto e Fotos via internet,
Postar um comentário