MOMENTOS CURIOSOS E EMOCIONANTES NO RIP CURL PRO EM BELL'S BEACH, AUSTRALIA


A PRANCHA DO KS SENDO DISPUTADA POR MOLEQUES E... SEGURANÇAS!!!

Eles chegaram primeiro, correram em bando pra ficar com o "suvenir". Conseguiram uma das metades. A outra já estava na mão de um dos seguranças - ou era o caddie do KS. O "gigante" - comparado aos meninos -requisitou a outra metade, com "notável" educação e foi pronta e contrariadamente atendido, para decepção da molecada. Na foto não aparece, mas haviam mais de 20 moleques suplicando pelas partes separadas da "espaçonave".  O melhor veio depois. Se não me engano, ví o Slater acenando para a molecada levar o "suvenir", que correram com as duas partes pela praia felizes da vida. Se foi isso mesmo, mais um ponto para o careca.

x-x-x-x-x-x-x

O NOVO ESTILO DO AUSTRALIANO JOSH KERR

Ao ver que não teria chances de reação ao final de sua bateria contra o "Alien" Slater, Josh Kerr pegou sua última onda e na metade do caminho vendo que a mesma não lhe daria os pontos necessários, apresentou sua nova abordagem de surf para estes momentos. Apenas se divertiu, surfando com o pé de trás e uma das mãos no lugar do pé da frente. Talvez para tirar um pouco a atenção do público e da impressa sobre a vitória do "extraterrestre".

x-x-x-x-x-x-x-x


ERRO TÁTICO:
MEDINA ALIVIA NA PRIORIDADE, E LIBERA ONDA NOS SEGUNDOS FINAIS DA SUA BATERIA.

Tudo se encaminhava para mais uma vitória brasileira na etapa de Bell's. Medina manteve o controle de sua bateria até o último momento. Só não contava com um erro tático na disputa pela última onda, com o americano C.J. Hobgood. Não se sabe ainda ao certo, se Medina não acreditou que C.J. fosse conseguir a nota, ou se ficou preocupado em ser atropelado, literalmente, pelo americano. Um pouco mais tarde, Medina expressou sua decepção em sua página no Facebook: "Burro, burro, burro"!!!.

O certo é que Medina está só começando sua 'caminhada' no - agora revigorado - WCT, além do fato de ser muito jovem, sem aquela "malandragem" já adquirida pelos mais experientes que disputam o Mundial.

x-x-x-x-x-x-x-x


O "ALIEN" KS APRONTAR NO WCT, JÁ É ALGO COMUM.
MAS DA FORMA QUE FOI, ACABOU SENDO MAIS UMA VEZ CONTUNDENTE.

Contundente mesmo foi para o australiano, Nic Muscroft!! Ao completar uma manobra fraca já no final da bateria, Kelly Slater partiu sua prancha no meio. Enquanto isso, Nic pegou sua última onda e pensou ter selado, em definitivo, a participação de Slater em Bell's.

Slater correu até a areia, pegou sua prancha  reserva, e voltou pra água, com pouco mais de um minuto para o final. Nic, já fora d´água, dava autógrafos para a molecada, mas com aquela pontinha de preocupação, não parava de olhar para o line up, a procura do "quantas" vezes campeão. Lá, no outside, o "Alien", sem se abater, ativou seu "kit de ferramentas" e "últimos socorros".

Achou uma onda mediana e a transformou em uma virada excepcional. Dos 8,07 que Slater precisava nos segundos finais, fechou  a bateria com um 9,23, mandando um aéreo rodando sem as mãos na borda. Coisa de outro mundo!! Para o Alien KS - como assim chamou o artista gráfico catarinense Murilo Graff - nada mais normal.

Por Eduardo Rosa
Postar um comentário