ÚLTIMAS DO RIO PRO: DIA DE TUBOS E DEFINIÇÕES

ADRIANO DE SOUZA "MINEIRINHO" E ALEJO MUNIZ NAS QUARTAS DE FINAL

Nesta terça-feira aconteceram as fases 3, 4 e 5 do Billabong Rio Pro 2012. Um pacotão de baterias que levou Adriano de Souza e Alejo Muniz até as quartas de final. 
Adriano de Souza botando pra dentro e se classificando para as quartas-de-final.
Alejo venceu com autoridade, todas as baterias que disputou no dia de hoje, inclusive mandando para repescagem de uma só vez, dois australianos que disputam a liderança no ranking ASP deste ano. Nesta bateria, no momento em que as ondas demoravam para entrar, Joel Parkinson e Mick Fanning foram dominados com uma nota 7,27 obtida pelo catarinense de Bombinhas (SC), ainda na metade da bateria.
Alejo Muniz perto da finalíssima.
Alejo enfrenta novamente nas quartas de final, o australiano Mick Fanning, que assim como Joel Parkinson, 'trituraram' seus adversários na repescagem. O dois australianos também têm chances de chegar a liderança do WCT, após a etapa brasileira, caso 'Mineirinho' não consiga chegar ou perca para algum deles na final.

HAVAIANO, JOHN JOHN FLORENSE, SEGUE FAZENDO HIGH SCORES COMO UM FOGUETE

O Posto 5 da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde acontece esta etapa  brasileira do World Champioship Tour (WCT), teve um dia memorável de tubos em quantidade considerável. E a Elite do WCT aproveitou bem este dia, mesmo com as irregulares condições do mar, com fortes correntes e vento maral na maior parte do dia.
John John Florense no Posto 5 da Barra (RJ), num tubo a la Backdoor.
John Jonh Florense foi um dos destaques fazendo notas altas e ótimos somatórios. Tubos e mais tubos, o faziam lembrar das ondas do quintal de sua casa, o Hawaii. Em uma de suas baterias, foi possível assistir a um tubo realmente consistente, que levou a torcida na praia ao delírio, e fez lembrar um de seus picos de treino, Backdoor, no Hawaii. É um sério candidato ao título desta etapa.
C.J. Hobgood não teve chances contra o inspirado Julian Wilson.
O australiano Julian Wilson também mostrou estar afinadíssimo com as ondas da Barra (RJ). Eliminou o seu conterrâneo, C. J. Hobgoog, no terceiro round, com um somatório elevadíssimo deixando-o em combinação, e nas fases seguintes conseguiu boas notas com manobras de alto nível.

BRASILERIOS CLASSIFICADOS PODEM FAZER UMA FINAL 100% TUPINIQUIN

O time brasileiro que disputa esta etapa do WCT, no Rio de Janeiro, sofreu mais três baixas nesta terça-feira. Peterson Crizanto, Heitor Alves e Miguel Pupo foram eliminados da competição. Mesmo assim, o Brasil tem grandes chances de fazer uma final 100% Brazuca nesta etapa.
Mineirinho carimbando seu passaporte para as quartas-de-final.
A consagração acontece, caso o catarinense Alejo Muniz e o paulista Adriano 'Mineirinho" de Souza, vençam suas respectivas baterias e alcancem a final do evento. A 'pedreira' que os dois irão enfrentar nas próximas fases,  será muito grande, com atletas de alto calibre do WCT querendo os pontos, os dólares e a liderança do circuito, que ainda está em jogo.

PREVISÃO DE BOAS ONDAS SOMENTE NA QUINTA-FEIRA, MAS ATLETAS E ORGANIZAÇÃO SINALIZAM FINALIZAR EVENTO NESTA QUARTA.

O evento pode - ou não - continuar nesta quarta-feira, mas tem até domingo para ser finalizado. A previsão indica que o mar deve baixar um pouco nesta quarta-feira, e voltar a dar uma leve subida para quinta e sexta-feira.

Mas segundo informações antecipadas, nesta terça, atletas e organização sinalizam que as baterias devem seguir nesta quarta até a grande final.

Entre algumas explicações 'cogitadas' em redes sociais, estão os seguidos momentos de chuva e vento maral constante, que vem assolando o estado do Rio de Janeiro, e a etapa Prime que acontece a partir de segunda-feira (20/05), em Saquarema (RJ), dando assim, aos atletas que irão participar do evento - e que são maioria -, tempo para descansar e se prepararem para o evento seguinte.
As 'pedras' no caminho de Mineiro e Alejo.
Jeremy Flores entocado no Posto 5, Barra da Tijuca (RJ). 

J.J. Florence em mais um tubão.

Austrraliano Josh Kerr, adversário de Mineiro nas quartas, voando alto..


Miguel Pupo voando no Rio Pro 2012.

Julian Wilson voando alto para chegar as quartas-de-final.

Taj Burrow reeditando a bateria final ano passado contra 'Mineirinho' no Rio Pro. Deu Mineirinho na próxima fase.

J.J. Florense só queria saber dos tubos.

Joel Parkinson seguindo sua sina de quase sempre chegar entre os primeiros.

Adriano de Souza Mineirinho preparado para o bicampeonato no Rio e a liderança do WCT.

Por Eduardo Rosa


 

Postar um comentário