GARRET MACNAMARRA NO ÁPICE DO SURFE MUNDIAL DE ONDAS GRANDES

HAVAIANO É O DESTAQUE NA PEQUENA NAZARÉ, PORTUGAL

Garret MacNamarra impressionado com a foto tirada por Tó Mané em Nazaré, minutos depois de surfar a onda avaliada em mais de 100 pés. Foto: Reprodução.

Desde de 2005, quando MacNamarra recebeu uma foto de uma onda imensa na praia do Norte, o havaiano vêm, entre estudos do já conhecido "Canhão", preparativos e treinamentos, desenvolvendo um projeto paralelo junto com o governo local, para tentar direcionar a pequena comunidade de Nazaré para o eminente boom turístico que a cidade poderia sofrer nos próximos anos.

Além de ter sido bem recebido, o impulso dado por Garret começou a tomar forma em 2011, quando ele assustou o mundo ao surfar uma onda de mais de 25 metros - em torno de 90 pés - na praia do Norte. Virou notícia no mundo todo e a onda foi apontada como a maior já surfada, até então.

Garret em mais uma gigantesca onda no dia 28 de janeiro em Nazaré, Portugal. Foto: Reprodução. 

Em 2012, venceu o Billabong XXL 2012, o "Oscar" das maiores ondas neste período. Já havia se tornado uma celebridade no mundo do esportes aquáticos pela sua dedicação total ao big surfe, muito antes destas aparições, e na pequena Nazaré, ganhou o título de Cidadão Honorário, mas não se viu envolto nas "luzes da Ribalta", e continuou sua busca não apenas pelas maiores e mais pesadas ondas que pôde surfar até então.

Nesta vídeo, lançado pelo Canal de TV SIC, em Portugal, MacNamarra fala sobre a "polêmica' onda surfada por ele - avaliada em mais de 100 pés - neste final de janeiro, toda a sua preparação, e ainda depoimentos de surfistas, do fotógrafo português Tó Mané e do cinegrafista Tobias Ilsanker, que registraram as imagens no dia 28 de janeiro.


Por Eduardo Rosa
Postar um comentário