BILLABONG RIO PRO: DIA DOS BRASILEIROS, ONDAS MELHORES E, FELIPE TOLEDO

ETAPA DO WCT, NO RIO DE JANEIRO, ENTRA NAS FINAIS


O Billagong Pro Rio 2013, chegou as quartas de final, no Posto 5, Barra da Tijuca, com brasileiros em maior número. Adriano "Mineirinho" de Souza, Gabriel Medina e a sensação do dia, Filipe Toledo, fizeram o enorme público presente, debaixo de chuva e frio, irem ao delírio com manobras ousadas e modernas.

Ao eliminar Miguel Pupo, ainda na sexta-feira, Mineiro disparou e não perdeu mais nenhuma bateria. E, entra neste domingo nas quartas de final contra o tantas vezes campeão do mundo, Kelly Slater. Pelo atual momento do Ranking Mundial, pode significar uma final antecipada do Rio Pro, e a possível liderança do ranking mundial após esta etapa. 

Filipe Toledo e seu segundo aéreo na mesma onda que lhe rendeu um 10 unanime. Reprodução: Eduardo Rosa

Além disso, e para a liderança se concretizar, Mineiro também torce pela eliminação de Mick Fanning, também nas quartas, por um dos estreantes em 2013, o havaiano Sebastian Zietz. De qualquer forma, Mineiro vai precisar vencer esta etapa. 

Já Filipe Toledo, ainda nestas quartas de final contra o sul africano Jordy Smith, se vencer consolida sua ótima estréia em 2013, e de nono lugar no ranking, deve subir algumas posições. Depende somente de onde ele irá chegar nesta etapa. E pelas suas apresentações e se o mar ajudar, não menos que a final.

Mineirinho atrás da vitória e da liderança, como já aconteceu nesta etapa ano passado.  Reprodução: Eduardo Rosa

Além disso, Toledo foi a maior sensação deste sábado, em sua bateria contra o sul africando Jordy Smith e o australiano Mick Fanning. Filipinho numa onda só, desferiu dois aéreos rodando, sem mãos na borda em sequência. Levou um 10 unanime e a torcida ao êxtase.

Medina por sua vez, mesmo indo para duas repescagens, desde o início do evento, se recuperou com facilidade. E neste sábado, enfrenta o australiano Adrian "Ace" Buchan, valendo vaga na semifinal do Rio Pro.

Um dos maiores atletas brasileiros no circuito mundial, Peterson Rosa, o "Bronco", presente a etapa do WCT no Rio de Janeiro, atuando como técnico de Mineiro. Reprodução: Eduardo Rosa

As quartas de final, tem em sua maioria brasileiros, ao todo três, contra dois australianos, um sul africano e o mito norte americano. Pura emoção para, quem sabe, consolidar o ataque brazuka iniciado nas duas primeiras etapas do ano. 

E mais imaginário ainda, do que realista, ver ao final da temporada três brasileiros disputando bem próximo o título mundial de 2013. Tudo vai depender mesmo do desempenho final deles neste último dia do Billabong Pro Rio 2013.

Por Eduardo Rosa

Postar um comentário