JOEL PARKINSON É O REI DE BALI

AUSTRALIANO VENCEU O OAKLEY PRO BALI 2013 NAS DIREITAS DE KERAMAS

Joel Parkinson erguendo seu cheque de 75 mil dólares. Reprodução: Eduardo Rosa/Surfemais.

Terminou na madrugada desta quinta feira - horário de Brasília -, a quinta etapa do World Championship Tour 2013, o Oakley Bali Pro, na praia de Kerama, Bali, Indonésia. Assim ficou finalizada também, a primeira metade do Circuito Mundial de Surf da Association of Surfing Profissionals.

Numa final apertada, o australiano Joel Parkinson venceu nos últimos minutos, o Taitiano Michel Bourez por 13,86 a 12,67 pontos. A virada começou a ser construída aos nove minutos para o final da bateria, quando Joel pegou uma das maiores ondas da bateria, e com três manobras fortes, conseguiu um 6,03 pontos. 

Joel numa bela rasgada em Keramas. Reprodução: Eduardo Rosa/Surfemais.

Logo em seguida, quando faltavam pouco mais de dois minutos para o final, Joel Parkinson pegou uma boa direita no inside, quando Michel Bourez ainda detinha a prioridade, e também com mais três fortes manobras, selou sua vitória, com um 7,83 pontos. 

Bourez ainda achou uma boa direita, que poderia lhe dar a virada, mas após um tubo curto no início da onda, ela fechou e tirou suas chances de vitória, pois precisava de uma nota acima de 7, mas os juízes lhe deram um 6,07.
Adriano de Souza voando em Keramas. Reprocução: Eduardo Rosa/Surfemais

O norte americano Kelly Slater perdeu a liderança do WCT para o australiano Mick Fanning, ao ser derrotado, ainda no 5º round, pelo seu compatriota, C.J. Hobgood. Joel Parkinson encostou em Slater, ao subir quatro posições no ranking e agora é o terceiro colocado. 

Ainda no quinto round, Joel Parkinson fez o maior somatório do evento, com duas notas 10, contra o havaiano John John Florence, que mesmo perdendo, conseguiu um 9,73 e um 9,47. Uma das melhores e mais emocionantes baterias do Oakley Pro Bali.

O vice campeão, taitiano Michel Bourez, fez a sua primeira final no WCT.

O melhor brasileiro nesta etapa foi Adriano de Souza, que no 5º round, perdeu para o norte americano Nat Young, e mesmo com um 9,27, ficou precisando de uma nota 7,66. Mineirinho perdeu duas posições no ranking, caindo agora para a sétima posição, e fecha o embolado grupo que corre atrás da liderança do WCT 2013.

A próxima etapa do WCT acontece em Teahupoo, Tahiti, entre os dias 15 a 26 de agosto. O Billabong Pro Teahupoo abrirá a segunda perna do WCT 2013 e a briga pelo título está totalmente embolada, dando a chances, não só aos sete primeiros do ranking, bem como os onze próximos ranqueados de se aproximarem da liderança.

Praia cheia e Keramas, Bali, Indonésia. Reprodução: Eduardo  Rosa/Surfemais

Parkinson literalmente ido pra galela em Bali. Reprodução: Eduardo  Rosa/Surfemais

Ranking após a etapa de Bali. Reprodução: Eduardo  Rosa/Surfemais

O Havaiano Fred Patacchia esbravejou ao saber que o australiano Mick Fanning havia acabado de conseguir a nota que precisava pra virar a bateria. Reprodução: Eduardo  Rosa/Surfemais.

Joel na boca de um de seus tubos nota 10 em Keramas.  Reprodução: Eduardo  Rosa/Surfemais
Por Eduardo Rosa
Postar um comentário