A REAL BUSCA PELA VERDADE... SERÁ?!!!

FUTURO DE IMBITUBA PODE ESTAR EM 'XEQUE'

Entre vários problemas que Imbituba tem sofrido nos últimos anos, e tem passado 'desapercebido' por muitos, está a retirada de areia de um de seus maiores patrimônios, as gigantescas dunas da Ribanceira. Foto: Eduardo Rosa.


"Interessante como uma parcela da imprensa - pequena, diga-se de passagem, mas de grande relevância - deixa de comentar assuntos expressivos que vem ocorrendo em Imbituba, até que alguma matéria a nível estadual, seja na imprensa escrita ou televisionada, aconteça. Então, abrem espaços em suas colunas ou programas diários, mas com 'prazos de validade' já pré determinados. Seriam 'interesses maiores' por acaso?!!



Parecem não se interessar por alguns assuntos locais, que abrangem problemáticas estruturais de 'um' ou 'outro'. Dão de ombros e deixam o tempo se encarregar pelo esquecimento coletivo. E muita coisa importante deixa de acontecer.

As dunas da 'Riba', em Imbituba, desde 2002, tem recebido várias manifestações para que a retirada de suas areias cessem. Foto: Eduardo Rosa.

O SOS Dunas da Ribanceira não mendiga por promoção, nem tem interesse direto nisso. Apesar de nos encontrarmos em franco crescimento, pela atitude e o amor cidadão e ambiental de seus envolvidos, e pela tentativa de uma conscientização popular, pelo fim da destruição total de um gigantesco e importante patrimônio municipal e estadual, que muito bem abrange áreas como cultura, meio ambiente e turismo, amplamente difundido por nosso grupo, não vê o interessante respaldo, por uma busca por informações concretas do que realmente estaria acontecendo. 


Podem, assim, ferir princípios 'mater' do jornalismo que, além de 'ouvir ambas as partes envolvidas', a obrigação moral e profissional em 'elucidar fatos' que estão sendo amplamente destacados. Nem seria necessário uma investigação profunda destes. Documentos públicos já elucidariam qualquer dúvida dirimida. Agarram-se ao que já existe no consciente coletivo, onde alguns poucos que 'ditam as regras do jogo' evocam e, assim, seguem em frente.

Em nova tentativa para que a retira de areia das dunas da Ribanceira parem, nova campanha 'VETA O ALVARÁ PREFEITO', do Movimento SOS Dunas, pede para que o Alvará da mineradora não seja renovado, já estava vencido há algum tempo. Foto: Reprodução.

Mesmo com o futuro de uma cidade tão preservada e bem arquitetada em jogo - e o que já ocorreu com muitas outras poderia servir de exemplo para se pensar um destino muito mais sustentável -, poderiam raciocinar melhor, e tratá-la com o devido respeito que ela merece, já que nos criamos e dela tiramos tanta felicidade e bradamos o orgulho por termos nascido nela. 


A desculpa pela geração de empregos não é mais válida, quando destruímos o que existe de melhor, e até descuidarmos da saúde de boa parte da população, entre outras 'situações', é um risco ao futuro de seu povo. Os 'olhos fechados' para o que acontece, e a intransigência 'barata' em realmente buscar e informar na medida certa, podem, silenciosamente, culpar a quem realmente não deveria.

Roberto Perdigão, representante da ASP South America, foi um dos que aderiram a campanha do 'gesto negativo' para que a licença da mineradora, junto a Prefeitura, não seja renovada. Foto: Arquivo SOS Dunas da Ribanceira.

Na hora em que tudo estiver perdido, e só as lembranças restarem, o dinheiro não 'falará' nem representará mais nada. Pensem nisso, antes que seja tarde demais. Existem hoje, muitas outras alternativas viáveis para uma cidade crescer... ... sustentavelmente. É só buscar nos muitos exemplos que existem, e por em prática.

Se alguém ainda tem dúvida, do que está realmente acontecendo em Imbituba, não somos nós, do Movimento SOS Dunas da Ribanceira.




 Pelas redes sociais, população também vem aderindo ao movimento, pedindo o fim das licenças de funcionamento, para que a mineradora não destrua mais as dunas da Ribanceira. Fotos: SOS Dunas da Ribanceira.

SOS Dunas da Ribanceira. 
Pelo Fim da Destruição deste Patrimônio Social, Cultural, Ambiental e Turístico."

SOS Dunas da Ribanceira no Facebook, clique aqui.

Manifesto 'VETA O ALVARÁ PREFEITO', clique aqui.

Para ver o vídeo sobre extração de areia das dunas da Ribanceira. clique aqui.

Para ver os depoimentos e as denúncias dos moradores, clique aqui e aqui.

Para assinar do Abaixo Assinado pela preservação das dunas da Ribanceira, clique aqui.

Para saber sobre as descobertas arqueológicas nas dunas da Ribanceira, que datam em mais de 5 mil anos, clique aqui.

Por Eduardo Rosa
Postar um comentário