ASI VAI BUSCAR AJUDA FINANCEIRA PARA SURFISTAS DE IMBITUBA

JAISON PACHECO (ASI) QUER AS PRINCIPAIS REVELAÇÕES DOS ÚLTIMOS ANOS COMPETINDO EM 2015





Depois da nota publicada na coluna Surfemais do Jornal NP, na semana passada, Jaison Pacheco, presidente da ASI - Associação de Surf Imbitubense -, comunica que tentará viabilizar ajudas de custo, para minimizar despesas de alguns atletas imbitubenses, como Ian Tavares e Giovanni Picaski, por exemplo, que estão em busca de patrocínios para continuarem competindo em 2015.


Estes atletas ainda buscam patrocínio e merecem reconhecimento por seus feitos, já que levam o nome da cidade e do estado há alguns anos, e estão em ótimo nível. Ian Tavares, com apenas 17 anos de idade, e dentro da incerteza de conseguir arcar com suas despesas neste ano, deu início a um curso universitário.


Segundo Ian, "a meta para este ano era buscar ótimos resultados em competições estaduais e nacionais - além de competirem em algumas etapas da segunda divisão do Mundial de surf na América do Sul, e quem sabe buscar a profissionalização, ainda em 2015. Mas, sem um bom patrocínio fica muito complicado".



O surf este ano, já começa muito bem cotado na mídia esportiva nacional, com o Título Mundial nas mãos de Gabriel Medina, e Adriano de Souza, o 'Mineirinho', e Filipe Toledo conseguindo uma excelente arrancada neste início de Circuito Mundial. Para Giovanne Picaski, que tem ainda 16 anos de idade, "O que não dá pra entender é a pouca falta de apoio dos empresários de Imbituba no surf".

Então, para empresários com visão, sabendo que Imbituba e Santa Catarina são ótimos berços para revelarem grandes atletas, e que atualmente vários imbitubenses tem se destacado em várias competições estaduais e nacionais, não há motivo para não programar e investir. 
Postar um comentário