IMBITUBENSE ANDERSON JÚNIOR, SABOREIA A VITÓRIA PELA SUPERAÇÃO

'ZIMBA STORM'S', OU 'NORDESTÃO IMBITUBENSE'

Anderson Jr. ao lado de Gabriel Medina durante a Seletiva para o Grom Search Internacional 2016. Foto: Anderson Martins.


Ainda que já tivesse terminado o Circuito Rip Curl Grom Search Brasil 2015, como líder do ranking, na praia do Tombo, no Guarujá, em São Paulo, sem ter vencido nenhuma das duas etapas em que participou - 4º lugar na praia da Ferrugem, em Garopaba, e 3º na praia do Tombo, no Guarujá (SP) -, faltava uma vitória para confirmar a ótima fase de Anderson Júnior.

E ela veio em grande estilo, no principal momento em que ela era mais necessária, durante a Seletiva que iria definir o representante brasileiro no Rip Curl Grom Search Internacional 2016, que deverá acontecer em algum paraíso internacional de surf ao redor do mundo. 


Em Imbituba, nesta manhã de segunda feira (27), uma parte da cidade ficou na expectativa por alguma notícia vinda lá da praia de Maresias (SP), em que o Campeão Mundial de Surf do WSL, Gabriel Medina é local, e que também acompanhava a disputa da Seletiva bem de perto.

Anderson Jr. quebrando em Maresias (SP). Foto: Munir El Hage/Rip Curl Grom Search.
Para o pai de Juninho, Anderson Martins, foram momentos de tensão e certa cobrança durante o fim de semana de treinos, para que Anderson Júnior se mantivesse focado e estive preparado para as baterias nesta segunda feira.

A primeira bateria que Juninho disputou foi decisiva para sua vantagem em ir direto para a final da Seletiva. Eram seis competidores divididos em duas baterias com três surfistas. O vencedor saltaria direto para a final, e os dois seguintes de cada bateria, disputariam uma repescagem. 

Anderson Júnior havia liderado até os 21 minutos da bateria final, quando o paulista Alax Soares virou a decisão a seu favor. Tensão na praia, e o pai de Junior, Anderson Martins, tentando manter a calma, e ajudar seu filho no melhor posicionamento, mas vendo as chances reais de Juninho levar o 'caneco'.

A campeã Feminina da Seletiva 2015 Luara Thompson ao lado de Anderson Júnior. Foto: Munir El Hage/Rip Curl Grom Search.

E a onda salvadora veio a menos de três minutos para o término. A virada foi comemorada sem cerimônia, enquanto Anderson Júnior saía da água. Em lágrimas, Anderson Martins ao telefone, tentava definir o que estava acontecendo naquele momento. 

"Ainda não to acreditando. É tudo fruto de muito trabalho e perseverança. O Juninho matou a pau aqui em Maresias. Ele tá saindo da água agora, e até o Medina disse que ele tinha virado a bateria com aquela onda. Não dá nem pra explicar a emoção que é. Ele tá chegando aqui. Deixa eu dar um abraço nele. Já falo contigo daqui a pouco", comentou Anderson Martins ao telefone. 

Imbituba mais uma vez provou que é um celeiro de campeões. O trabalho de base feito pela ASI - Associação de Surf Imbitubense -, com campeonatos e apoio técnico aos atletas, que já vinha dando resultados há alguns anos, mais uma vez se confirmou com esta grande conquista. 

Mas, como já destacado aqui no Surfemais, outros atletas imbitubenses precisam de atenção para continuarem trazendo vários outros títulos para a cidade. A principal necessidade de alguns deles, como Ian Tavares e Giovanne Picaski,  é patrocínio. 
Postar um comentário