SIDÃO DA OP, HOSPITALIZADO EM SÃO PAULO

SURFISTAS E EMPRESÁRIOS DO SURF, COMEÇAM CAMPANHA PARA AJUDAR FAMÍLIA DE SIDÃO


Sidão Tenucci, ou Sidão da OP, uma das maiores lendas do surf brasileiro. 

Há vários meses, Sidney Tenucci, proprietário de uma das marcas de surf mais lendárias no Brasil, a OP, criada em 1978, vem enfrentando graves problemas de saúde, internado em um hospital em São Paulo.

Em outubro de 1999, ainda com 45 anos, Sidão descobriu em um exame de rotina que tinha desenvolvido um com câncer de próstata. Ao ser informado pelo médico, exclamou: "Não é possível. Deve ter alguma informação errada. Faço tudo certo!". E, como a maioria dos pacientes, também pensou: "Deus porque eu?".


Sidão fazendo pose na sede da OP na Avenida dos Bandeirantes, em São Paulo. Foto: Eduardo Rosa

Mesmo com a cirurgia e várias sessões de quimioterapia, em um período que imaginava ter dominado a doença, Sidão voltou a fazer o que mais gostava, surfar, bem como escrever. "Mergulhar, principalmente na água do mar, é curador. Nas lágrimas idem. Não morri com a doença, embora uma parte de mim sim", completa Sidão.

Escritor e empresário Sidney Tenucci Jr, hoje com 60 anos, detentor da marca de surfe mais famosa no Brasil durante vários anos - desde 1978 , quando surgiu a OP -, ele passava o tempo escrevendo e cuidando das duas filhas. Como todo empresário bem sucedido e no seu estilo zen, Sidão viajava para vários países, não bebia, não fumava e não usava drogas, para se dedicar integralmente ao surfe.


Paulinho do Tombo vencedor do OP PRO 87, na praia da Joaquina, em Floripa, dentre 760 competidores, recorde de inscritos no Brasileiro de Surf Profissional até hoje.

Durante vários anos a OP patrocinou uma série de eventos de surf pelo Brasil. O de maior destaque na mídia nacional foram os OP Pro's, que nasceram na praia da Joaquina, em Florianópolis, em 1985, para mais tarde, coroar a recém criada ABRASP - Assoc. Brasileira de Surf Profissional -, em 1987.


Ainda em 1986, o OP Pro na Praia da Joaquina, registrou o maior número de inscritos em uma competição de surf no Brasil, um recorde que até hoje ainda não foi quebrado, com 760 participantes.


Durante a assinatura do Termo de Compromisso para a realização do OP PRO Imbituba 94. Com Sidão, Ledo Ronchi e Davi Husadel. Foto: Eduardo Rosa.

Em 1994, o principal e mais tradicional evento do surf profissional brasileiro passou pela praia da Vila, em Imbituba. E também deixou sua maior marca para o surf brasileiro. Um campeonato que reuniu todas as condições de mar que eram possíveis. Desde ondas de meio metro de altura, até ondas de 3 metros perfeitas e potentes, entre as duas ilha que enfeitam a praia da Vila.

A lenda do surf carioca e brasileiro, Rico de Souza, deu início a campanha para envio de contribuições para a família de Sidão, que no momento se encontra sem recursos para continuar enfrentando tal situação. Segue abaixo o apelo feito por Rico de Souza em nome de vários outros membros da família surf brasileira, com os dados para as contribuições:

"Galera! 

Um grande amigo e irmão Sidão Tenucci, fundador da Ocean Pacific (OP), primeira marca de surf do país, encontra-se enfermo e o diagnóstico não é dos melhores. No momento, ele não levanta mais da cama. A família está sem recursos, eu junto com uns amigos estamos ajudando no intuito de amenizar esse momento tão difícil emocional e financeiro.


Venho pedir aos amigos e irmãos que contribuam com o que puderem, não importa a quantia, pois se todos ajudarem a família vai ter uma folga na parte financeira que vem passando dificuldades. Aos que não puderem contribuir, peço que rezem pelo nosso grande amigo e irmão.

Agradeço em nome da família Tenucci a todos. Caso queiram saber mais informações, liguem (11) 98319-8926.

Banco Bradesco - Andrea Berenice Thome
Ag. 2844
C/C 2173-3
Cpf : 134.440.318-23.

Um abraço a todos e aloha!" Rico de Souza.


Tito Rosemberg e Sidney Tenucci. Dois escritores, aventureiros e surfistas, não necessariamente nessa ordem. Foto: EdiMilk

Sidão manteve até 2014 sua coluna Soul Surf no site Waves, é diretor de marketing da OP (Ocean Pacific) e escritor, com três livros publicados: Almaquatica (Fnac), em parceria com o fotógrafo Klaus Mitteldorf e o designer gráfico David Carson, o livro de aventuras zen “O Surfista Peregrino”, em 2007 (Livraria Cultura), e ainda lançou em 2012 seu terceiro trabalho, “Poentes de Amor”, ilustrado por 55 artistas plásticos (Livraria da Vila e Cultura).
Postar um comentário