'O CANTO DO GRAVATÁ, EM LAGUNA, É DE TODOS'

STF NEGA RECURSO DA CÂMARA DE VEREADORES DE LAGUNA, E GRAVATÁ ESTÁ PROTEGIDO 


O Supremo Tribunal Federal – STF –, em Brasília, negou recentemente dar seguimento ao recurso impetrado pela Câmara de Vereadores de Laguna, que questionava ações dirigidas contra desmandos da casa legislativa sobre alterações no plano diretor de áreas como a da praia do Gravatá, em Laguna, feito pelo Ministério Público Federal, no ano de 2014.


Agora, o Movimento Natural e Cultural de Laguna, que há vários anos luta pela preservação do local e reuniu um grande número de ativistas, moradores e pescadores, estuda a criação de um parque no local.
Postar um comentário