BRASIL BICAMPEÃO MUNDIAL DE SURF PROFISSIONAL WSL 2015

ADRIANO DE SOUZA 'MINEIRINHO' CONQUISTA SEU PRIMEIRO TÍTULO MUNDIAL, E BRASIL FAZ 'BARBA, CABELO E BIGODE' NA WSL

Mineiro e Medina finalistas do Billabong Pipe Masters 2015.

A decisão do Título Mundial de Surf Profissional da WSL - World Surf League -, teve seu desfecho nesta quinta feira (17), na praia de Pipeline, no Hawaii, com a última etapa do Circuito Mundial WSL, o Billabong Pipe Masters 2015, tendo como vencedor o paulista radicado em Florianópolis, Adriano de Souza 'Mineirinho'. Nem o mais otimista dos brasileiros amantes do surf teria imaginado um cenário com esse desfecho tão perfeito.

Além de vencer o Pipe Masters 2015, Mineirinho ainda alcançou o título que mais almejava nestes últimos nove anos de Mundial de Surf, o de Campeão Mundial de Surf Profissional WSL 2015. A taça foi repassada por ninguém menos que, Gabriel Medina, Campeão Mundial WSL 2014, que chegou até a final do evento junto com Mineiro, tendo antes disso, desclassificado ainda na semi final do evento, o líder do ranking mundial até aquele momento, e mais sério candidato ao Título, o australiano Mick Fanning. 

Adriano de Souza botando pra dentro em Pipe.

Ainda na semifinal, para que Mineiro conseguisse o Título Mundial bastava apenas se classificar para a final do evento. E foi o que ele fez, quebrando mais um tabu mundial em que pela primeira vez dois brasileiros disputaram a final deste evento, o mais tradicional do World Tour. 

Logo após ser declarado Campeão Mundial, e passar para a final do evento junto com Medina, a praia de Pipeline que até então estava lotada de australianos, americanos, brasileiros, entre outros, torcendo por seus atletas, quase esvaziou-se, ficando apenas a frenética e barulhenta torcida tupiniquim, que aos gritos "Ahaa Uhuu!!! A WSL é nossa!!!" transformou uma das principais praias havaianas em solo brasileiro. 

Gabriel Medina. Foto: WSL/Laurent Masurel

Além da vitória nesta última etapa, e do Título Mundial conquistado por Mineiro, Gabriel Medina, que foi vice campeão do Pipe Masters 2015, venceu a tradicional Tríplice Coroa Havaiana neste ano, que reúnem as três últimas etapas do Mundial de Surf, sendo duas do Qualifyng Series - ou segunda divisão mundial - e a última etapa o Pipe Masters 2015.

Os gritos da torcida brasileira nas areias da Meca do surf, também faziam referência a outras conquistas brasileiras neste ano no surf mundial. Como a do paulista, Caio Ibeli, conquistou o Título Mundial do Qualifyng Series 2015, bem como a conquista do Rookie Of The Year, ou revelação de 2015, entregue ao potiguar Ítalo Ferreira. 


Além disso, os brasileiros no World Tour Mundial venceram 6 das 11 etapas do Circuito WSL 2015, e o campeão Mundial de 2014, que era um brasileiro, Gabriel Medina, entregou a taça de Campeão de 2015 para outro brasileiro, Adriano de Souza. Fora que em 2016 teremos dez atletas brasileiros disputando o Mundial WSL, com a permanência de Caio Ibelli e Jadson André, a volta do catarinense Alejo Muniz, e a chegada do paulista Alex Ribeiro.

Mais imagens do Billabong Pipe Masters 2015: 
Medina. Foto: WSL/Kirstin Scholtz


Glen Hall. Foto:  WSL / Laurent Masurel

Medina.

Mineiro.

Filipe Toledo.
  















Mineirinho, em Pipeline, Foto: WSL/Laurent Masurel
Postar um comentário