CAMPEÃO MUNDIAL DE SURF VISITA ESCOLA DE SURF DO BANANINHA EM IMBITUBA

ADRIANO DE SOUZA MINEIRINHO ESCOLHEU PROJETO SOCIAL IMBITUBENSE PARA FAZER DOAÇÕES E DAR AULA DE SURF


Campeão Mundial de Surf Profissional, Adriano de Souza Mineirinho, vem a Imbituba apoiar projeto social Escola de surf Bananinha. Foto/reprodução: Eduardo Rosa

Ainda que os poucos projetos sociais voltados para a juventude criados pelo poder público ou não, quando não saem do papel, acabam sendo mal implementados, deixando a vida de uma imensa parcela de jovens largadas ao tempo, quando podia-se copiar exemplos já existentes, ou mesmo apoiar de maneira mais eficaz para que continuem existindo.

Na contramão da história, e não dependendo de promessas, Leandro Elias Bananinha atravessou parte de seus 40 anos de vida se dedicando ao esporte que mais lhe trouxe felicidade, o surf, mas muito mais importante que isso foi trazer a tona uma realidade nua e crua das crianças de seu bairro, e de sua cidade, transformando o impossível em extensas possibilidades. 

Quando criou a Escola de Surf do Bananinha - ESB Bananinha - há cerca de 14 anos, Leandro queria compartilhar suas experiências de vida e no esporte, com a gurizada que vivia lhe rodeando, e que poderiam também estar entregues ao destino, mas que descobriram em seu tutor, algo novo para se 'distraírem' de uma realidade existente. 

Leandro Elias Bananinha e seus alunos da ESB Bananinha, na praia do Porto, Imbituba. Foto: ESB Bananinha.

A única exigência feita por Bananinha, para que as notas escolares fossem as melhores possíveis, para continuarem frequentando as aulas de surf, deu vida a ele e aos pais dos seus alunos e alunas, que admiravam e apoiavam seu projeto integralmente. 

Mesmo parecendo tão pequeno, o projeto do Bananinha ganhava força dia a dia, mês a mês, ano a ano, e muitas pessoas começaram a se dar conta da importância que faziam aquelas simples aulas de surf na vida da criançada que não queriam perder uma única chance de estarem dentro d'água com seu professor. 

Bananinha não cobrava um centavo para levar seus alunos a aprender um esporte tão completo, mas aos poucos recebia apoio para seus eventos, pequenos campeonatos de surf, que no final se tornavam uma grande festa de confraternização. Até almoço e lanche as crianças recebiam na praia, em doações recebidas de entidades e pessoas que ajudavam também no dia a dia da Escolinha. 

Alunos da ESB Bananinha, fazendo a festa diante dos Top's durante as etapas do WCT em Imbituba. Foto: ESB Bananinha.

Até a cultura não era deixada de lado, e as remanescentes tribos indígenas de Imaruí, município vizinho de Imbituba, contribuíam nos eventos do Bananinha, trazendo sua arte e suas danças para os atônitos alunos assistirem e conhecerem, não perdendo assim, suas raízes. Uma integração válida e sustentável.

Bananinha foi assim construindo sua história, marcada por altos e baixos, entre críticas e elogios, não sendo unanimidade para alguns, mas, determinante para quem mais precisava dele. E foi isso que transformou sua escolinha num dos mais importantes projetos sociais de Imbituba, e de Santa Catarina. 

Um dos principais reconhecimentos veio na metade deste mês de dezembro, com um vídeo lançado na internet pela equipe 1Click Comunicação, especialmente para o projeto 'Gente que faz a diferença' da Assembléia Legislativa de Santa Catarina, que retratava a relação que Leandro tinha com a escolinha e seus alunos. 


E, para completar, nesta última semana, o atual Campeão Mundial de Surf, Adriano de Souza Mineirinho, reservou mais uma surpresa para incansável Bananinha, quando lançou em sua página oficial no Facebook, o convite para indicações de projetos sociais que envolvessem surf, para que ele pudesse colaborar de alguma forma. 

Muitas pessoas que conhecem o trabalho feito pelo Bananinha, fizeram suas indicações direcionadas ao projeto social em Imbituba. Prontamente, Adriano de Souza abraçou a causa da ESB Bananinha, e programou para esta quarta feira, as 16h00min, uma visita a praia do Porto, em Imbituba, onde fará doações de materiais de surf, e ainda fez questão de participar de uma aula com a molecada. 

Segundo Leandro Elias, sobre a visita de Mineiro nesta quarta, "Eu não to acreditando ainda. Só vou acreditar quando ele chegar aqui. A história do Mineirinho é muito show. A molecada da ESB Bananinha ficaram mais alucinados que eu quando souberam." 


Anderson Júnior e demais colaboradores trazendo alegria no natal da ESB Bananinha. Foto: Rosalba Gonsalves. 

Para Bananinha este mês de dezembro foi especial, pois "ainda semana passada a escolinha recebeu doações do Anderson Júnior" - representante imbitubense e brasileiro no Mundial Rip Curl Grom Search - "e de mais pessoas que fizeram o natal dos alunos com presentes e doações pra escolinha. E ainda consegui patrocinador novo, da Ótica Nani."

A possibilidade da presença de um Campeão Mundial de Surf em Imbituba - ainda que estivesse oculto na praia do Rosa, em Imbituba, para passar a virada do ano -, alvoroçou as redes sociais e a imprensa, nesta terça feira (29). A noticia correu rapidamente, e é possível que aconteça um evento único na praia do Porto nesta quarta feira (30). 

Ainda que Adriano de Souza Mineirinho, Campeão Mundial de Surf WSL 2015, venha até a sede a ESB Bananinha, em Imbituba, para realizar esta boa ação, a maior estrela nesta quarta feira, pelo menos para os imbitubenses, será Leandro Elias Bananinha, que neste mês de dezembro, também sagrou-se campeão Imbitubense e lagunense de surf em 2015.
Postar um comentário