ADRIANO DE SOUZA VISITA ESCOLA DE SURF DO BANANINHA EM IMBITUBA

É A SEGUNDA VEZ QUE O CAMPEÃO MUNDIAL VISITA O PROJETO SOCIAL DE LEANDRO BANANINHA

Adriano de Souza Mineirinho e Leandro Elias Bananinha. Unidos por um importante projeto social. Foto: Vandelino Pereira.

Sem alarde ou aviso, o Campeão Mundial de Surf Profissional, Adriano de Souza Mineirinho, visitou novamente o projeto social Escola de Surf do Bananinha, em Imbituba, nesta última segunda feira (30). Desta vez, só os alunos do projeto, que envolvem dezenas de crianças carentes, e mais alguns sortudos, conseguiram ver o campeão. O encontro aconteceu na praia da Vila, em Imbituba.


Diferentemente da primeira visita em dezembro do ano passado, quando uma multidão o aguardava em frente a praia do Porto, em Imbituba, onde se localiza a sede da escolinha, deixando Mineirinho até assutado, a visita foi reservada e acompanhada de uma equipe do canal Off, que registrou todos os momentos da visita e deve exibir em breve na sua programação.

A Escola de Surf do Bananinha conta hoje com cerca de 50 crianças da comunidade, na grande maioria carentes, que como pagamento pela dedicação de seu mentor, Leandro Elias, apresentam seus boletins com as melhores notas e a frequência escolar em dia, para assim poderem continuar desfrutando das aulas e das atividades. "Ninguém quer ficar de fora das aulas", diz Leandro, e os alunos são considerados os mais dedicados nas escolas públicas que frequentam. 

Adriano de Souza distribuindo as doações para a ESB Bananinha. Foto: Vandelino Pereira.

Tudo começou quando Mineirinho lançou nas redes sociais ainda ano passado, o projeto 'Eu Sou Campeão', solicitando aos seus fans internautas sugestões de exemplos de projetos sociais para que ele pudesse apoiar. Entre as sugestões, estava a Escolinha do Bananinha, a qual Mineirinho fez questão de visitar na antevéspera de Ano Novo, dia 30 de dezembro.

Dali em diante, uma parceria surgiu, e como no primeiro encontro, pranchas, roupas de borrachas, decks, entre outros acessórios, foram doados pelo Campeão ao projeto social. Foi uma das formas que Adriano de Souza imaginou para retribuir sua conquista em 2015.

Assim como na primeira vez, Mineirinho disse estar se sentindo em casa, já que também começou sua carreira no surf da mesma forma, na Escola de Surf do Pirata, na praia de Pitangueiras, Guarujá (SP). "Estou muito feliz, pois, comecei da mesma forma no surf, na Escolinha do Pirata, que atendia crianças carentes na minha cidade", disse Adriano.

Bananinha e Mineirinho se preparando para mais uma aula com a Escola de Surf do Bananinha. Foto: Vandelino Pereira.


Ele disse que quer apoiar o projeto e ver essas crianças um dia se tornarem campeões do mundo ou ser alguém na vida. Ele ainda falou que acha nosso projeto lindo, que vê as crianças bem educadas. É uma honra ter o campeão mundial na escolinha. Somos muito gratos por ele sempre lembrar de gente e publicar nossas fotos nas redes sociais”, reconhece Bananinha.

Para Leandro Elias Bananinha, "um incentivo que veio na hora certa", já que as dificuldades para manter este projeto são enormes, e disse contar apenas com o apoio dos pais das crianças, da comunidade e de alguns colaboradores. 

A Associação de Surf Imbitubense - ASI -, reserva sempre em seus campeonatos vagas para os alunos do projeto sem custo de inscrição. Para o atual presidente da ASI, Jaison Pacheco, "é uma honra incentivar as crianças da escolinha, que vem tendo uma grande evolução conquistando ótimas colocações e revelando novos atletas".

Postar um comentário