JONAS TATUÍRA LEVA A MELHOR NA ABERTURA DO IMBITUBENSE DE SURF

IRMÃOS BARCELOS VENCEM E LEO BARCELOS FICA EM 3º NA PRO/AM


Jonas Tatuíra (segundo da dir. para a esq.) venceu a Pro/Am e Leo Barcelos (ao centro) chegou na terceira colocação. Na foto também, Jaison Pacheco - Presidente da ASI -, Eduardo Voltolini, e Alan Saulo Foto: Cida Barcelos. 


A praia da Vila, em Imbituba, recepcionou neste último fim de semana a 1ª etapa do 27º Circuito Imbitubense de Surf, onde atletas catarinenses e de diversos outros estados se enfrentaram num dos eventos mais disputados do sul do Brasil. Organizado pela Associação de Surf Imbitubense - A.S.I. -, o campeonato contou também com a presença do surfista peruano Manuel Rocalla.


A principal categoria neste evento, a Pro/am, que aconteceu no domingo, onde atletas profissionais e amadores se enfrentaram, foi vencida sob chuva pelo local da praia de Itapirubá, em imbituba, o também shaper, Jonas Tatuíra. Jonas venceu na grande final o paraibano Alan Saulo, com o somatório de notas de 14,00 pontos (notas 8,00 e 6,00) conseguidos por Tatuíra, contra 8,10 pontos (notas 4,35 e 3,75) a favor do paraibano. 

Ainda no sábado, atletas amadores entraram na água, mas a final da categoria Júnior aconteceu no domingo, e foi vencida pelo surfista de Florianópolis, Matheus Herdy, seguido pelo paulista Pedro Nogueira, e os locais Anderson Júnior e Giovanne Picaski, 3º e 4º, respectivamente.

Vinícius Barcelos venceu a categoria Iniciantes. Foto: Ângelo Possenti.
A sequencia de bons resultados dos irmãos Barcelos, continua recheada. Após conquistar no início do ano a vaga para o Mundial Grom Search em 2017, Leonardo Barcelos foi o grande destaque dessa primeira etapa, vencendo a final Mirim, e surpreendendo ao terminar o evento Pro/am na terceira colocação. Chegaram também a final da categoria Mirim, Gustavo Borges (2º), Carlos Henrique (3º) e Kallan Kortz (4º).

Na categoria Máster, Adriano Lemos de Florianópolis, deixou na segunda e terceira colocação os locais Carlos Santos e Bruno de Bona, e o surfista de Balneário Rincão, Anderson Martignago na quarta colocação. Na Iniciantes, Vinicius Barcelos completou a festa dos Barcelo's Brothers, levando a final sobre o surfista de Garopaba, Gabriel Júnior. 

Na Infantil, o gaúcho Lourenço Coufal venceu o outro gaúcho Kaique Garcia. Na categoria Feminino Ariela Andrade, de Garopaba, levou a melhor sobre a surfistas de Florianópolis, Rafaela Gluszczuk. De Garopaba também, Lucas Rasch venceu o gaúcho Victor Midon na final Espumeiro. E ainda entrou na água em Imbituba, a categoria Surf Adaptado, que teve como vencedor Robson Gasperi, de Florianópolis. 


Bruno Debona chegou até a semifinal Máster em Imbituba. Foto: Angelo Possenti.

A 1ª etapa do Imbitubense de Surf 2016, contou com patrocínio a Vida Marinha, Governo de Imbituba e Fábio Carvalho a Casa do Surf, e co-patrocínio da Rip Villas, Restaurante Marcão, LPA Impressões e Manga Wax. A supervisão foi da FECASURF, o sistema de notas e cobertura ao vivo do Surfpro, e o apoio do Corpo de Bombeiros de Imbituba.

RESULTADOS DO CIRCUITO IMBITUBENSE DE SURF AMADOR
1ª ETAPA
PRO/AM:

1º Jonas Tatuira SC 14.00 CAMPEÃO
2º Alan Saulo PB 8.10 VICE-CAMPEÃO
SEMIFINAIS:
S1- Alan Saulo PB 15.40 a 14.60 Eduardo Voltolini SC
S2- Jonas Tatuira SC 11.00 a 7.90 Leonardo Barcelos SC

JUNIOR:
1º Matheus Herdy 13.75
2º Pedro Nogueira 12.40
3º Anderson Junior 11.40
4º Giovanne Picaski 10.75

MIRIM:

1º Leonardo Barcelos 11.25
2º Gustavo Borges 9.00
3º Carlos Henrique 8.15
4º Kallan Kortz 4.25

INFANTIL:
1º Lorenzo Coufal 10.40
2º Kaique Garcia 9.60
3º Lucas Cainan 3.65
4º Gustavo Martins 3.25

FEMININO:

1º Ariela Andrade 6.75
2º Rafaela Gluszczuk 2.25
3º Yasmin Dias 1.85
4º Ana Julia Inacio 1.40

ESPUMEIRO:

1º Lucas Rasch 4.70
2º Victor Midon 3.75
3º Santiago Valenzano 3.50
4º Guilherme Pacheco 2.60

MASTER:
1º Adriano Lemos 11.20
2º Carlos Santos 9.85
3º Bruno Debona 7.55
4º Anderson Martinhago 3.85

SURF ADAPTADO:

1º Robson Gasperi 11.90
2º Miguel Junior 8.75
3º Fidel Teixeira Lopes 8.50
4º Gustavo da Silva 5.90
5º Mary Cardoso 3.15
6º Paulo Ricardo Souza 2.70
Postar um comentário