DIRETO DO MÉXICO,WOLFGANG HIPÓLITO COMENTA SOBRE A MEDALHA DE PRATA

IMBITUBENSE DISPUTA MAIS DUAS MEDALHAS PAN-AMERICANAS NESTE FIM DE SEMANA

Imbitubense medalhista de Prata no Pan-americano do México, Wolfgang Hipólito, ao lado do Mexicano Francisco Rosales (ouro) e o argentino, Ivan Ruiz (bronze). Foto: Arquivo pessoal/Wolfgang.

O jovem ciclista Wolfgang Hipólito, que compete pela equipe da Fundação Municipal de Cultura e Esporte de Içara (FMCE)/Bike Point/Imepel, um garoto de apenas 17 anos, natural de Imbituba, foi medalha de prata na classificação geral da prova Omnium no Campeonato Pan-Americano de Ciclismo de Estrada e Pista Junior no México. 

A sexta feira no bairro Divinéia, foi de comemorações com a conquista de Wolfgang. Família, vizinhos e amigos, nas ruas do bairro, nas redes sociais, tinham mais de um motivo para se manifestar e aplaudir o jovem ciclista imbitubense. Era sua primeira experiência internacional e já trará uma medalha Pan-americana e Olímpica para sua cidade. 

Na foto, Wolfgang, ainda no Brasil se preparando para o Pan-Americano Olímpico de Ciclismo no México. Foto: Arquivo Pessoal.

Primeira experiência internacional

Essa foi a primeira convocação de Wolfgang para a seleção brasileira. Mesmo com a pouca experiência internacional, o jovem ciclista liderava a prova até a última volta, mas cometeu um pequeno erro nos últimos metros e terminou com a medalha de prata. 

O ouro ficou com o mexicano Francisco Rosales e o bronze com o argentino Iván Ruíz. “Foi uma experiência única. O resultado poderia ter sido ainda melhor. Era só passar a linha de chegada que eu ganhava medalha de ouro. Mas tudo serve como aprendizado, e aqui estou aprendendo muito com toda a comissão e os colegas de seleção”, declarou Wolfgang.

Wolfgang: "Mais duas medalhas prá brigar"

Neste fim de semana, o imbitubense ainda disputará mais duas provas no Pan-americano no México, com concretas chances de medalhas, mesmo sua principal prova característica já ter ocorrido. 

Como o próprio Wolfgang descreve, "Uma prova contra o relógio e outra em estrada. Mais duas medalhas para brigar". Em disputa direta estão 18 países latino americanos, e ele confessa que não gostaria de passar em branco este evento, e se for possível, colocará mais medalhas no peito ainda.
Postar um comentário