VINICIUS DOS SANTOS É O 'ALTERNATE' Nº 1 NO NELSCOTT REEF BIG WAVE 2017

CATARINENSE CONSEGUIU VAGA AO SER O MAIS VOTADO EM SITE NORTE AMERICANO DO EVENTO. ALÉM DE VINI, O BAIANO LAPO COUTINHO TAMBÉM FIGURA NA LISTA

Vini dos Santos na temida Jaw's, Hawaii. Foto: Arquivo Pessoal. 

O Nelscott Reff Big Wave 2017, evento de ondas grandes que está com a janela de espera aberta até o dia 31 de março de 2018, finalizou na madrugada do último domingo no Brasil (22) a votação da lista de 'alternates' para a disputa que acontece na cidade de Lincoln, no estado do Oregon (EUA). Dentre os 55 listados, apenas os 15 mais votados pelos internautas iriam compor a lista de substitutos no caso de algum atleta entre os 24 convidados não possa disputar o evento. 

Vini dos Santos será o primeiro 'alternate' no Nelscott Reef Big Wave Pro Am.

Lista oficial dos 15 substitutos no Nelscott Reef Big Waves. 

Dentro da lista inicial composta por 55 surfistas, três brasileiros apareciam entre os inscritos: o catarinense Vinicius dos Santos, os baianos Lapo Coutinho e Yuri Soledade e o paranaense Bruno Silva. A competição já conta com os brasileiros Lucas Chianca, o "Chumbinho", entre os 24 convidados na categoria Masculino, além de Andrea Moller, Silvia Nabuco e Nicole Pacelli no Feminino.

Desde quando a lista de 'alternates' foi disposta pelo site oficial do evento norte americano, para votação na internet, o catarinense de 27 anos, Vinicius dos Santos, natural de Florianópolis, local da praia da Joaquina e filho dos imbitubenses, Eloi Figueiredo e Silvia Santos - irmã do conhecido surfista, Carlos Santos -, começou a receber votos em larga escala, se destacando entre os outros atletas na eleição.

Vini dos Santos na Lage da Jagua, em Jaguaruna, litoral sul catarinense. Foto: Luiz Reis/Arquivo pessoal.

Salva vidas comunitário há 7 anos, e local da praia da Joaquina, Vini dos Santos, liderava até este sábado - poucas horas antes do final da votação - com larga vantagem, e já havia extrapolado a casa do 5 mil votos recebidos dos internautas, ficando a quase 2 mil curtidas do segundo atleta mais votado, o norte americano de Los Angeles (EUA), Jake Fishman, se tornando ao final da votação o substituto número um do Nelscott Reef Big Wave 2017. Além dele, o baiano Lapo Coutinho também figurou entre os mais votados e aguarda a chance de disputar o evento.

Anos de treinamento e um objetivo: "Treinar e surfar as maiores ondas do planeta"

Vini, dividindo uma onda em Waimea Bay, no Hawaii, com o surfista local Kaimana Henry. Foto: Maria Fernanda/Arquivo pessoal.

Em Florianópolis, neste domingo (22), Vini comemorou com a família e amigos, a chance de colocar em prática alguns anos de treinamento e viagens feitas para sua evolução no surf de ondas grandes e desafiadoras, como Waimea, Pipeline e Jaws, no Hawaii e Puerto Escondido, no México. Criado no surf ao lado do pai, Elói Figueiredo - um dos melhores tube riders da região - surfando as ondas da praia da Vila, em Imbituba, e aprimorando sua técnica na praia da Joaquina, em Florianópolis e mais recentemente no Hawaii, onde morou durante um bom tempo e que lhe serviu de grande aprendizado,

Vini se prepara para este evento numa das maiores ondas do Hemisfério Norte, Nelscott Reef. E para isso pretende treinar forte os maiores swels que entrarem aqui no sul do Brasil. "Nunca surfei em Nelscott Reef, sei que é uma onda muito poderosa e gelada do Oceano Pacifico, localizada no estado do Oregon, perto da Califórnia, nos Estados Unidos. Quebra para os dois lados. Vou treinar na laje de Jaguaruna, no Cardoso e se tiver tempo em Mavericks - na Califórnia (EUA) -, para obter mais ritmo em ondas pesadas", comenta Vinicius.

No momento, são dois seus principais objetivos: "Estou muito feliz com tudo o que vem acontecendo para mim. É o momento de ascensão na minha carreira. Tenho dois campeonatos de ondas grandes em vista, o da praia do Cardoso, em Laguna, e em Nelscott Reef, nos Estados Unidos".

Catarinense agradece a expressiva votação e chance de surfar Nelscott Reef

Vini entubando com sua prancha Jorge Vicente. Foto: Arquivo Pessoal. 

Sobre os votos que recebeu, Vini destaca os tantos amigos que fez no Brasil e pelo mundo, principalmente seus amigos em Imbituba e Florianópolis, a família, e seus colegas do curso de Ciências Agrárias na Universidade Federal de Santa Catatina - UFSC . "Acho que o fato de ser local na praia da Vila e da Joaquina, ajudou muito com a votação. Mas, não posso esquecer dos meus colegas do Centro de Ciências Agrárias da UFSC, família e amigos que ajudaram a viralizar essa campanha nas redes sociais".

"Quero agradecer também aos meus colegas de salvamento que me ensinaram muito sobre mar. Ao meu pai, Eloi que me iniciou a surfar aos 4 anos de idade. Ele é o meu surfista favorito. E não posso esquecer de falar da minha parceria com o melhor shaper do mundo, Jorge Vicente, que faz todas as minhas pranchas. Especialista em gunzeiras", completou Vinicius dos Santos. 
Postar um comentário