IMBITUBENSE FAZ SUA ESTRÉIA COMO PROFISSIONAL EM GRANDE ESTILO

LEO BARCELOS DÁ ADEUS AO HANG LOOSE PRO EM SP, MAS COM SENTIMENTO DE DEVER CUMPRIDO

Leonardo Barcelos, Hang Loose São Sebastião Pro 2017, Maresias, São Sebastião (SP). Foto WSL Smorigo.

O imbitubense Leonardo Barcelos estreou numa etapa da divisão de acesso ao Mundial WSL - World Surf League - em grande estilo. Para um estreante, Leo foi longe, após vencer suas duas primeiras baterias no Hang Loose São Sebastião Pro - etapa QS 3000 da divisão de acesso ao Mundial WSL -, e teve a maior emoção que um surfista de base poderia imaginar: surfar lado a lado com um dos seus maiores ídolos, o Campeão Mundial Profissional, o paulista Gabriel Medina. Mais emocionante ainda, foi avançar para a quarta fase do evento junto com o possível campeão mundial deste ano, já que Medina tem chances concretas em se tornar Bicampeão Profissional Mundial da WSL em 2017. 

Barcelos liderou a bateria até sua metade, quando foi ultrapassado pelo quase inatingível 9,80 pontos que o paulista aplicou em uma de suas ondas, executando um aéreo astronômico. Ter vivenciado isso, deve ter feito o imbitubense crescer ainda mais, e ter a certeza do que realmente quer para seu futuro.
Apesar de Leo já vir convivendo com mito Medina nas últimas semanas, participando da equipe do Instituto Gabriel Medina - IGM -, na praia de Maresias, São Sebastião (SP), palco do Hang Loose Pro 2017, esse encontro foi histórico, ao menos para os imbitubenses e catarinenses que assistiram e torceram por Leo nesta bateria.

Leo Barcelos treinando em Maresias (SP). 

Mesmo dando adeus ao evento ainda na quarta fase, quando competiu com alguns dos maiores atletas brasileiros na atualidade, entre eles, o paranaense Jihad Khodr, e os paulistas, Jessé Mendes e Vitor Mendes - Jessé foi o primeiro brasileiro em 2017 a se classificar para o Mundial Profissional WSL em 2018 -, Leo sabe que cumpriu sua missão, mesmo querendo mais. 

A bateria com o Gabriel foi demais. Sempre sonhei em competir com ele, que é o meu maior ídolo e uma das pessoas que mais me inspira”, disse Leo. “Mas na bateria não tem conversa, não (risos)”, complementou o surfista, ao falar sobre a disputa em si. “Não esperava competir com o Gabriel tão cedo. Esse é o meu primeiro QS e foi bem legal ter essa experiência logo com o melhor do Mundo na minha estreia”, complementou o atleta, que está sendo orientado pelos coordenadores técnicos do IGM, Alex Leco e Gilmar Pulga.

Gabriel Medina e Leo Barcelo depois do confronto. Foto Aleko Stergiou.

Aos poucos, Leo vai cumprindo muito bem seu papel, galgando posições e aprendendo nos eventos que disputa, evoluindo ainda mais seu surf. A semifinal que fez na categoria profissional da 2ª etapa do Imbituba Surf Tour 2017, em setembro deste ano, pode ter lhe dado a confiança que lhe faltava para estrear na principal categoria do surf nacional e internacional. 

O ano de 2018 nem começou e Leo já coloca em prática muitos anos de treinamentos e evolução num dos maiores eventos surf da América Latina. O apoio da família foi imprescindível até hoje, mas Leo "já caminha com as próprias pernas", como comenta sua mãe, Cida Barcelos. "Leo está lá em Maresias em busca de seu sonho, que é nosso também, pois já provou que sabe se virar muito bem e correr atrás dos seus objetivos".

Nas redes sociais o imbitubense agradeceu todo o apoio mandado pela torcida catarinense e imbitubense, "Muito feliz por ter passado minha bateria com o Medina. Obrigado meu Deus por esta oportunidade, obrigado apoiadores e torcedores."
Postar um comentário